27 de ago de 2009

Não há lugar como o lar...


Maravilha!!!

Amanhã estarei de volta à minha querida cidade, ganhei uma merecida folga esse fim de semana, vou poder curtir de novo (ao menos um pouco) minha querida cidade natal, vou tentar fazer de tudo um pouco, rever meus amigos, minha família, e claro, matar a saudade do meu quarto, apesar de ter certeza que está sendo muito bem cuidado...

Ah, como vai ser bom respirar o ar de BH, mesmo com toda aquela loucura de cidade grande, mas sinto falta de tudo isso, desde o barulho dos carros apressados, até o fedor da lagoa da Pampulha...rs! Bom, não sei se vai dar tempo de fazer tudo o que eu estou com vontade e saudade, mas vou tentar aproveitar ao máximo esse 03 dias.

Por isso hoje eu entendo aquela frase que diz:

NÃO HÁ LUGAR COMO O NOSSO LAR!!!!

ME AGUARDE BH...TÔ CHEGANDO!!!!

NAMASTË

By

24 de ago de 2009

Cada indvíduo no ângulo quadrilátero que lhe é reservado...


Boa noite a todos,

Todos os dias vemos nos noticiários sobre a violência, seja de maneira explícita ou de forma mais sutil, a verdade é que vivemos numa sociedade cada vez mais insegura, onde temos um verdadeiro paradoxo entre insegurança e vigilância, sim, porque nunca tivemos nossa privacidade tão exposta quanto nos dias de hoje, são câmeras e mais câmeras, espalhadas pelos cantos mais inóspitos das grandes cidades, elas vigiam desde os caixas bancários, até em nossas casas, para nos proteger de babás mal-intencionadas.

Me lembro de uma empresa onde trabalhei, quando foi implantado um sistema de vigilância interna, com a instalação de 20 câmeras de segurança, na ocasião, vários funcionários torceram o nariz, por se sentirem constrangidos ou pressionados indiretamente por seus superiores, que os vigiavam durante quase todo o periodo do dia de trabalho, onde tudo, todos os dias, era gravado e analisado por olhos atentos, do departamento de RH da empresa, onde qualquer falha registrada era passível de punição, e claro, facilitando a vida dos meus ex-patrões.

Mas não são apenas as câmeras que tiram nosso direito à privacidade, a internet é um caso ainda mais sério, de incidência ainda maior à exposição, textos copiados, fotos editadas, e-mails invadidos, sites desconfigurados, e por aí vai... Fato é que estamos vivendo um periodo ambiguidade, onde a liberdade de expressão se confronta com a falta de privacidade e segurança, que são dirteitos básicos e garantidos por nossa "constituição", mas isso não é o fato mais intrigante, é curioso observar que a falta de liberdade se tornou artigo de consumo, dado aos índices de audiência cada vez mais altos dessas "maravilhas" televisivas mais conhecidas como REALITY SHOW´s, acho que a curiosidade vende, e vende muito, revistas especializadas na dissecação de pessoas famosas, vendem, segundo as pesquisas, mais que publicações educativas.

Na verdade, acho que o fascínio que o ser humano tem pelo alheio não tem limites, é óbvio que em tudo existe um lado positivo, hoje o acesso à informação é cada vez mais em tempo real, nos ultimos dez anos, ganhamos possibilidades de interação nos meios de comunicação como nunca, mas a que preço? A quem interessa tanta informação exposta? Desde a foto de nossos amigos, colegas e parentes espalhadas na internet, ou uma filmagem de uma câmera de segurança na entrada do seu prédio, parece que seguimos cada vez mais rumo à falta de liberdade, ou no mínimo, uma liberdade controlada, onde nossos limites ficam cada vez menores, e a intolerancia, cada vez maior, será que daqui um tempo iremos nos tornar protagonistas de nossos próprios REALITIES SHOWS?

Será que vai chegar um tempo onde não iremos mais dizer aquele famoso ditado popular:

CADA INDIVÍDUO NO ÂNGULO QUADRILÁTERO QUE LHE É RESERVADO? Ou seja...

CADA UM NO SEU QUADRADO??

NAMASTË

By


21 de ago de 2009

Longe de casa


Hoje faz um mes que eu saí de casa, mas apesar da saudade me sinto bem, e sinto a cada dia que minhas pernas ainda vão chegar muito mais longe, é como abrir a janela do quarto depois de uma longa noite de sono, quando a claridade do dia chega a nos cegar, mas logo vem uma gostosa sensação de coisa nova no ar, de vida.

Pois é, me senti assim no inicio, foi estranho, mas agora já começo a enxergar a coisa de um ângulo diferente, conheço gente nova a cada dia, me divirto muito com as "tiradas" do meu chefe, é muito engraçado, às vezes tô concentrado em alguma tarefa e de repente vem ele e solta uma de suas "pérolas", dai eu me acabo de tanto rir, meu tempo é curto, acordo cedo, durmo tarde, e nos fins de semana aproveito como posso, mas não posso reclamar, pois tá sendo uma experiencia engrandecedora, em todos os sentidos, venho aprendendo muito, e o melhor, to com a minha mente sempre ocupada, depois de tanto tempo "desocupando" ela.

Hoje faz um mês que não durmo na minha cama, que não como a comida da minha mãe, que não passo uma noite em claro na frente do meu PC em casa, mas estou descobrindo tantas coisas novas, que não é que eu não sinto mais falta da vida que eu tinha antes, mas é que venho descobrindo que tem tantas coisas legais fora do meu antigo "macrocosmo", que eu venho tentando usar todo o meu tempo observando e absorvendo tudo o que posso, e ainda está sendo uma ótima oportunidade de eu me conhecer mais, porque acho que nunca passei tanto tempo sozinho, e to curtindo muito isso, eu acordo, passo o dia e durmo comigo.

Acho sinceramente, que todo mundo devia ter uma experiencia do tipo, ao menos uma vez na vida, pois hoje, começo a dar valor a muitas coisas que eu não dava antes, até mesmo das coisas que sinto falta, e talvez o aspecto mais importante de todos, começo a respeitar mais o tempo, o meu, e dos outros, sei que tudo, mas tudo mesmo, precisa ter o seu próprio tempo e não podemos jamais tentar atropelar os processos, minha vida está mudando, e agora, sei que pra melhor, mas a diferença é que agora, eu não tenho mais a pressa que eu tinha antes pra isso acontecer, eu simplesmente sei, que o dia de amanhã vai ser muito melhor do que hoje, e bem pior que depois de amanhã...

NAMASTË

By

19 de ago de 2009

Um dia...


Houve um tempo, onde tudo soava perfeito
a melodia estava em tudo, em cada canto
o sol não apenas aquecia nossos corpos, mas também nossa alma
Não havia motivo para lágrimas ,nada causava espanto.

Naquele tempo, eu era jovem, ainda que só de espírito,
eu sorria com vontade, por muito pouco, era leve como o vento
minha vida se seguia não por um emaranhado de dias, apenas por viver
em cada gesto, cada palavra, eu sentia o sabor doce do teu alento.

Eu sabia que eu era feliz, em plenitude, em consciencia
eu podia correr, voar, me sentia invulnerável
sentia o pulsar da vida em cada particula do meu ser
mas nada pode contra os desígnios e a força do inevitável

Hoje sinto a vida voltando, aos poucos, sem pressa
já não tenho mais o mesmo sorriso, ou a mesma lágrima de outrora
mas sei que existe um caminho a seguir, um norte por buscar
aquela felicidade que um dia foi minha, vai voltar a ser o Sol de minha aurora.

Não temo o tempo, nem as adversidades
meu sonho acordou, virou razão
mas meu sentidos, ainda arraigados pelo que eu fui
transformam minha ainda longa caminhada, em uma busca...pelo meu coração!

Um dia...

By

16 de ago de 2009

Navegando / Sailing - Christopher Cross

Uma das minhas músicas prediletas, que gostaria de compartilhar com vocês





It's not far down to paradise
At least it's not for me
And if the wind is right you can sail away
And find tranquility
The canvas can do miracles
Just you wait and see
Believe me

It's not far to never never land
No reason to pretend
And if the wind is right you can find the joy
Of innocence again
The canvas can do miracles
Just you wait and see
Believe me


Sailing
Takes me away
To where I've always heard it could be
Just a dream and the wind to carry me
And soon I will be free


Fantasy
It gets the best of me
When I'm sailing
All caught up in the reverie
Every word is a symphony
Won't you believe me


It's not far back to sanity
At least it's not for me
And when the wind is right you can sail away
And find serenity
The canvas can do miracles
Just you wait and see
Believe me


Bem, o paraíso não está muito longe, pelo menos não para mim
E se o vento estiver bom você poderá navegar por aí e encontrar a tranquilidade
Oh, as velas podem fazer milagres, espere e veja
Acredite em mim

Não está muito longe da terra do nunca, não há porque fingir
E se o vento estiver bom você poderá encontrar o prazer da inocência novamente
Oh, as velas podem fazer milagres, espere e veja
Acredite em mim


Navegando, me leve aonde eu sempre ouvi que poderia estar
Apenas um sonho e o vento para me levarem
E em breve eu estarei livre

Fantasia, tem o melhor de mim
Quando eu estou navegando
Preso em um devaneio, cada palavra é uma sinfonia
Não acredita em mim?


Bem, não é muito longe o retorno para a sanidade, pelo menos não para mim
E se o vento estiver bom você poderá navegar por aí e encontrar a serenidade
Oh, as velas podem fazer milagres, espere e veja
Acredite em mim

13 de ago de 2009

Ainda lembro...




Lembro das tardes quentes, sem pressa

dos sorrisos sem culpa, dos cabelos ao vento
do olhar infantil, do toque sensual
Me lembro como se fosse agora...





Lembro de toda nossa história, da entrega verdadeira
dos sonhos e desejos, das noites quentes, das lágrimas
das músicas que ouvimos, cantamos e dançamos
dos sabores que provamos, das juras e confissões...







Me lembro das lágrimas derramadas, das noites mal dormidas
do café da manhã, tarde e noite, do vinho, das tardes de domingo
dos dias que pareciam não ter fim
me lembro com carinho, de todas as palavras ditas, mesmo aquelas que pareciam sem importância.





Mas hoje tudo o que tenho são lembranças, cartas que não foram enviadas ou sequer assinadas
tudo o que me restou foi um tempo que parece não ter pressa pra passar
não há mais tempo, ou chance, só existe a certeza de que o caminho continua à frente
me tornei uma lembrança de mim mesmo, e guardo todas as lembranças num lugar seguro




Eu ainda lembro de não me esqueçer...Só não sei até quando.




By

9 de ago de 2009

Pai é Pai...


Boa Noite a todos...

Hoje é dia dos pais, bom, pelo menos é o que foi instituido pela sociedade como mais uma "alavanca" para o consumo, mas não deixa de ser um simbolismo merecido, pois afinal, essa figura essencial na vida de todos nós merece não só um dia, mas todos em sua homenagem.

Perdi Meu Pai há 20 anos atrás, mas sua presença em minha vida é constante, penso nele todos os dias, me lembro de cada palavra amiga e de sabedoria que saía de sua grandiosa mente, e de todas as coisas e bons preceitos que ele me ensinou, preceitos esses que posso dizer que aprendi alguns, outros no entanto ainda estão em fase de aprimoramento, mas enfim...O importante é que ele fez e faz muita falta em minha vida, pela pessoa maravilhosa que foi, pelo homem, marido, amigo e principalmente...PAI!

Ao longo de um casamento de mais de 40 anos, 12 filhos, e sempre ao lado de minha mãe, posso dizer que ele foi sim, um exemplo, mesmo com todas as adversidades, muito do que sou hoje, em termos de valores e sentimentos, eu devo a Ele, foi um verdadeiro PILAR da familia, lembro da casa sempre cheia, rodeada de amigos e parentes, todos os dias, com seu jeito tranquilo e sereno, de voz firme e impávida ele sempre tinha algo a ensinar a alguém, todos gostavam de conversar e ouvir suas histórias, assim como sua habilidade no violão...Ah que saudades Meu Pai!

Eu ainda não sou Pai, e não sei se um dia vou ser, mas carrego comigo uma certeza, de que Ser Pai, é algo que deve ser sem dúvida alguma, uma das experiências mais nobres e engrandecedoras de todas na vida, a responsabilidade de carregar nos "ombros" a vida, o crescimento e a formaçao do caráter de uma pessoa, deve ser algo impagável, deve ser talvez, a experiencia mais próxima da divindade propriamente dita, que um homem pode ter, pois de certa maneira, se o homem foi Feito "à imagem e semelhança" do Criador, ser Pai deve ser a confirmação total dessa imagem.

Eles são nossas primeiras referencias de vida, nossos exemplos e heróis, seres "invencíveis" e "infalíveis" no nosso ponto de vista, pra nós eles nunca estão cansados, tristes ou com problemas, são seres quase perfeitos, e sempre fazemos algo, ao longo de nosso crescimento e aprendizado, para ser iguais a eles, mas eu posso dizer que tudo o que eu fizer e tentar, jamais me tornarei tão bom quanto o Meu Pai era.


A sensação de estar proximo do filho, de cuidar, de preocupar, zelar pelo seu bem estar, ser um amigo e companheiro fiel, e o mais importante, nutrir o que eu chamo de 'VERDADEIRO SENTIMENTO DE AMOR" é algo que deve fazer qualquer homem de verdade se sentir em estado de plenitude.


Hoje é um dia especial para todos os Pais, mas também para os filhos, que prestam, cada um a seu modo, suas homenagens, a essas figuras ímpares e essenciais de nossas vidas, gostaria de parabenizar a TODOS OS PAIS DO MUNDO, desejando que continuem sendo essas verdadeiras referências de vida, e que se mantenham sempre próximos de seus rebentos, como Pilares, alicerces, e que ambos se aproveitem ao máximo, e que Deus os abençoe sempre!


FELIZ DIA DOS PAIS!!!!

NAMASTË

By

7 de ago de 2009

Pra descontrair

Boa Noite gente,

Sei que não costumo fazer isso, mas recebi esse vídeo hoje e achei muito engraçado e gostaria de compartilhar com vocês:






E só pra constar, não sou Atleticano e muito menos Nazista! Mas ainda sim me diverti muito!

NAMASTË

5 de ago de 2009

PANO DE BUNDA!


Olá amigos,

Como eu disse anteriormente, tenho andado completamente sem tempo, e peço desculpas por não estar presente no Blog, e peço desculpas também pelo nome do post, mas podem acreditar, esse nome é o mais adequado, eu poderia chamar de várias maneiras, como por exemplo: "A vida é um Kinder Ovo" ou "O mundo dá voltas" e etc... Mas vai ficar esse nome mesmo porque ele tem um significado muito, mas muito importante.

Esses ultimos dias tem sido estressantes, cansativos, mas muito proveitosos, meus trabalhos me consomem muito, tanto o semanal, na empresa, como os de fim de semana com música, mas não posso reclamar, pois tem sido extremamente prazeiroso esse "cansaço" no fim do dia, porque além de preencher minha mente que andava meio digamos...esparsa demais, eu to fazendo duas coisas que amo, computador e música, e o melhor, ainda ganho dinheiro pra isso...rs!

Hoje foi um dia que estava tendo tudo para ser mais um dia "normal", mas consegui algo que havia pedindo a Deus a dois meses, e acho que finalmente ele atendeu as minhas preces, pois ganhei algo que eu almejava muito...Minha PAZ DE ESPIRITO de volta! E ela veio da maneira mais inesperada possivel, mas o importante é que aconteceu.

Vou poder depois de tanto tempo, ter uma noite tranquila de sono, engraçado, uma vez eu ouvi alguém dizer, que não importa a maneira ou as escolhas que a gente faz, o universo sempre se encarrega de consertar o que está errado, e é assim que eu estou me sentindo, minhas esperanças começam a se renovar, to levantando os pilares do meu alicerce aos poucos de novo.

A verdade é que eu cometi uma falha grave, talvez a mais grave da minha vida, fui perdoado mas agora chegou a hora de eu me perdoar, e colocar a casa em ordem, já havia começado, mas por fora, agora tá na hora de fazer isso por dentro, e Deus tem trabalhado isso em mim a algum tempo, mas hoje foi diferente, hoje eu ouvi o que eu precisava pra ter certeza de que posso seguir adiante.

Sei que ando meio ausente, até mesmo nos outros blogs, mas to tentanto ainda adaptar meu tempo cada vez mais escasso, mas vou tentar visitar todo mundo assim que possivel,
E quanto ao PANO DE BUNDA, posso dizer que é uma maneira carinhosa de falar de roupa intima...Bom, pelo menos é o que eu posso dizer, por enquanto...


NAMASTÊ!

By