26 de set de 2010

BUSCA


Onde estão os sorrisos?
Aqueles que outrora apareciam sem medo
que mostravam sua face límpida
que aspiravam o que era lúdico, onde estão?

Onde foi parar aquela suave brisa da manhã?
Que adentrava sem pedir licença e se sentia à vontade,
por onde quer que passasse, trazia consigo
o sopro da esperança...Onde ela está?

Onde foram morar os sonhos?
Que numa noite, transbordaram pelos quatro cantos
inundando sobre a pele, preenchendo os espaços vazios
derretendo os sentimentos vis, o que fizeram com eles?

Onde se encontram as promessas?
Aquelas que se valem de apenas um minuto, tempo suficiente para se tornarem eternas
mas que com apenas um segundo, se desmancham como areia,
fazendo da fé, algo efêmero, quem sabe onde estão elas?

Onde se escondeu o sentimento?
talvez se assustou com a escuridão da noite,
ou talvez não tenha encontrado o calor de um coração
por saber que este coração, é teimoso e medroso,

Onde está o meu "eu"?
em que lugar do tempo ele se perdeu?
não consigo enxergá-lo no espelho, não consigo mais ver a sua sombra,
não sinto mais o calor da noite, nem o brilho das estrelas

E o que aconteceu com a ESPERANÇA?
Aquela que um dia tomou conta de tudo, que me mostrou o caminho
Que me deu uma bússola para que eu jamais me perdesse?

Talvez elas estejam todas em um só lugar, me vigiando, esperando o momento certo para que eu as encontre novamente, pode não ser nesse mundo, ou nesse tempo, mas agora está tudo tão distante, existe um outro mundo, um outro tempo entre nós.

Talvez, o que nos una são os nossos sentimentos, adormecidos e entorpecidos pela realidade,
O que a vida tenta me ensinar? Não tenho mais respostas para isso, a única coisa que sei, é preciso continuar, continuar caminhando, minha busca não pode terminar aqui, existem tantas coisas em jogo, tanto a se fazer e tão pouco tempo...

A verdade, nua e crua, é que...

EU AINDA NÃO DESISTI DO TEU AMOR!

20 de set de 2010

VIAGEM NO TEMPO

Se você pudesse voltar no tempo apenas uma vez, o que faria?

Ajudaria àquele amigo que te pediu ajuda e você simplesmente não deu ouvidos? Não faltaria àquela aula de química na sexta à noite, só para sair com os amigos, mas que no final, te custou o ano inteiro?

Não teria aquela discussão horrível com seu irmão mais velho, porque ele pegou sua camisa novinha emprestada e não avisou? Pediria desculpas ao seu colega de trabalho, por ter lhe acusado injustamente durante uma reunião com o chefe?

Perdoaria uma dívida financeira que lhe causou uma inimizade inesperada, ou talvez faria o mais difícil, você pediria perdão a alguém que magoou muito, profundamente, se tivesse uma segunda chance?

Bom, é mais do que óbvio que não precisamos viajar no tempo pra fazer nenhuma dessas coisas, a única coisa necessária são pequenos gestos simples, como tolerância, paciência , serenidade e claro, maturidade.

Viajamos no tempo todos os dias, e pro resto de nossas vidas, viajamos em nossos pensamentos, em nossas emoções, em nossas insatisfações pessoais e até mesmo em nossos bons feitos, por várias vezes em nossas vidas nos sentimos mal com coisas que achamos que poderíamos ter feito diferente, e porque não dizer, feito melhor.

E quando sentimos essas coisas, é um claro sintoma de que estamos finalmente evoluindo, pois quando se quer ser alguém melhor, mais feliz e completo, não dá pra fazer isso sem resolver as questões internas, ou pelo menos tentar, que somos seres eternamente insatisfeitos é fato, mas podemos viver mais satisfatóriamente quando entendemos que só existe uma maneira de mudar o passado, e não é com nenhuma máquina do tempo, não, o que precisamos pra isso é mudar o nosso ponto de vista em relação ao que passou, entender que mesmo que algo tenha dado errado, TODO MUNDO ERRA TENTANDO ACERTAR!

E essa realidade é peculiar a todos os níveis sociais, etnias, credos e culturas, todo e qualquer ser humano baseia suas atitudes, mesmo as mais inconscientes, com o unico objetivo de ser feliz, e quando erramos em nossas escolhas, não estamos fechando portas, ao contrário do que se pensa, estamos tendo uma possibilidade de crescimento, eu sei que isso pode até parecer difícil na prática, mas depois de um tempo, e isso requer um pouco de auto-indulgência, passa a ser fácil enxergar 03 coisas importantes:

Um, quando entende que situações que passamos são inevitáveis e imutáveis, passamos não só entendê-las melhor, como aceitá-las.

Dois, o presente está sempre em movimento, como engrenagens de um relógio que não pára, tudo muda a cada segundo, pessoas são diferentes, circunstâncias são diferentes, nossas reações, e principalmente nossos sentimentos são diferentes, não devemos cair na "armadilha" da comparação.

E Três, quando alteramos a perspectiva de nosso passado, quando transmutamos nosssos traumas em experiência, melhoramos consideravelmente nosso prisma do presente, e nossos desejos para o futuro, e acreditem, podemos fazer isso agora mesmo!

Não é e nunca foi preciso viajar no tempo pra entender que tudo acontece por um motivo, viver já é razão suficiente pra acreditar em algo maior, acreditar que existe sim, um grande propósito por trás de tudo que nos permeia, mesmo aqueles aspectos mais enigmáticos.

Existem aqueles que procuram em sinais sutis, explicações para tudo o que acontece, e existem aqueles que aprendem, que vivenciam esses sinais, que experimentam, e que ousam arriscar, que se preocupam mais com os "meios" sem se preocupar tanto com os "fins". Então eu pergunto, de que jeito é mais fácil se viver?

Não é preciso viajar no tempo para mudar as coisas, a mudança está dentro de nós, somente nós podemos mudar que ainda não está correto em nossas vidas, e não existe máquina do tempo melhor que nosso coração, ele sim, é capaz mudar não só o passado, mas também o futuro.

"Seja a mudança que você quer que aconteça em sua vida"

E tenham todos, uma ÓTIMA VIAGEM!!!!

NAMASTË

19 de set de 2010

"?"


Agora que não resta mais nada
apenas o som ensurdecedor do silêncio
um pranto ainda insiste, fraco e tímido
mas que se cala ao menor ruído distante

Uma melodia que se ouve apenas no pensamento
toca o fundo da alma, mesmo a mais inquieta
assim é o silêncio, suscinto, seguro e infinito.
adentrando por entre o frio e a penumbra

Nada mais sobrou, na mente e no peito
que um grito agudo de suplicio eterno
se esvaindo no vácuo e caindo no esquecimento
lembranças de um futuro incerto.

E em todo o lugar pode se ouvir o som
que incomoda os corações mais afoitos
e bebe do gosto dos prantos de tristeza
onde o amor se esconde e a solidão se torna mãe das dores

O Silêncio...

Um parceiro fiel, na Paz dos Monges
na agonia dos enfermos, na imensidão do deserto
no infinito das galáxias, no momento que antecede o fim da vida
uma sinfonia única, grandiosa e plena...Tudo se rende à sua magia, ao SILÊNCIO.

NAMASTË

ωαιι

A ROTINA NOSSA DE CADA DIA

Rotina cansa, desgasta, e na maioria das vezes, frustra, pois não deixa que a gente enxergue as coisas de maneira mais ampla, e acostumar com rotina é algo complicado, eu me lembro que há muito tempo atrás, eu dizia pra mim mesmo: "Eu odeio rotina!".



E o tempo passa, vivenciamos coisas, amadurecemos, e definitivamente, mudamos nossos conceitos, e hoje, eu tenho um novo conceito sobre a rotina, ela já não é mais pra mim aquele demônio de vinte cabeças que era no passado, hoje a rotina pra mim, é um conjunto de coisas simples, que devem fazer parte da nossa vida, e que devemos dar valor, a cada uma dessas coisas simples, rotina deve ser algo natural, invisível, assim como respirar ou andar, deve fazer parte das nossas vidas sem se forçar, a rotina deve ser, a maneira como observamos nossa maneira de viver.

Acho engraçado as pessoas que falam da rotina assim: "Ah, eu não suporto rotina, gosto de adrenalina, de viver perigosamente!" Quanta bobagem, e quem disse que um Pára-quedista não tem rotina? Um piloto de Fórmula 1 tem rotina, um soldado americano no Iraque tem rotina, a diferença é a maneira que cada uma dessas pessoas tem de valorizar as coisas simples de suas vidas.

E é assim que eu penso hoje, não que eu tenha pensamentos conformistas, que eu quero simplesmente passar minha vida cruzando os braços ou juntando minhas mãos apenas pra agradecer a Deus, claro que não, a vida segue seu curso, e se não fizer minha parte, eu vou perder seu ritmo e nem mesmo a rotina vai estar do meu lado, os meus desejos, sonhos e objetivos continuam os mesmos, a diferença é que eu não penso mais que VALE TUDO pra que eu os alcançe, pois tudo tem um preço, e às vezes o preço é alto, e se não aprendemos a valorizar as coisas simples, como um cafezinho com bolo de manhã, um "bom dia" inesperado que a gente ganha na rua de um desconhecido, um sorriso do chefe, um agradecimento por ter cedido o lugar no ônibus, ou até mesmo uma criança gargalhando pra você sem esperar nada em troca.

Rotina não é uma coisa ruim, pelo contrário, ela pode até estar a nosso favor, se a gente pensar nela como algo que possamos ter controle, situações que sabemos exatamente como devemos lidar, falem o que quiser, pensem o que quiser, mas a verdade é uma só, ter uma rotina, faz parte da felicidade, afinal o que é a Felicidade senão um conjunto de coisas boas da vida? E que podem sim, se tornarem rotina, mas uma rotina boa, algo que a gente espera a vida toda, e quando vive, nos sentimos extremamente agradecidos por gostar.

Imagino que muita gente deve achar que o Oscar de maior rotina de todas vai para o...CASAMENTO!!! Gente, por favor! vamos ser mais honestos com nós mesmos e parar de culpar a rotina pelas nossas frustrações ou limites, quem não quer uma rotina dessas, onde temos todos os dias, a pessoa que gostamos ao nosso lado? Temos todos os dias, a possibilidade de fazer da nossa vida o melhor, seja no casamento, no trabalho, na faculdade, com os amigos.

Eu quero uma rotina, quero poder ter uma vida onde as coisas possam ser mais previsíveis, onde eu não tenha que colocar meu travesseiro na cama na hora de dormir e pensar: "Nossa, o que será que me aguarda amanhã?" Rotina não é comodismo, é controle, é equilibrio, é a certeza de que estamos fazendo sempre a coisa certa pra nós mesmos!


NAMASTË


ωαιι

15 de set de 2010

Carta ao Meu Pai


Pai,

Hoje, já faz tanto tempo, tantas coisas ficaram para trás...

Sei que o senhor deve andar ocupado "aí em cima", mas por favor, se tiver uns dez minutinhos pra mim, gostaria de compartilhar algumas palavras contigo.

Quando o senhor nos deixou, eu ainda era uma criança, inquieta, insegura, sonhadora, tinha medo do escuro, tinha medo de tantas coisas, pois o senhor não me ensinou a ter a sua coragem.

A coragem de enfrentar as dificuldades, os sonhos e os dessabores, as vitórias e os fracassos, o senhor não me ensinou por exemplo, a confiar mais em mim do que nos outros, não me mostrou qual era o caminho para fazer o certo, e quando era certo.

O Senhor não me disse que seria tão difícil esquecer da bola, dos carrinhos, das brincadeiras de rua, para trocar isso tudo pelo trabalho, pelas dificuldades, e pelo amor. Não me disse o quão alto era o preço.

Porque o senhor não me mostrou um caminho seguro para a felicidade? Porque não me disse que eu teria que conhecer uma tal "ESPERANÇA"? Todos dizem que ela é a "última que morre" , então porque é tão difícil mantê-la viva nos dias de hoje?

Tem muitas coisas que eu gostaria de ter te perguntado, e muitas delas eu me pergunto todos os dias sem resposta. Porque não me ensinou a ser como o Senhor? Porque mesmo com a minha vaga memória daqueles tempos, ainda me lembro do sorriso no teu rosto, mesmo quando as coisas pareciam mal.

Porque não me ensinou a acender a "luz" do corredor? Talvez, se eu tivesse aprendido, eu teria evitado muitas quedas no escuro.

Sabe Pai, hoje eu cresci, não sou mais aquele menino inquieto, inseguro, sonhador, mas guardo comigo muitos medos, medos que o Senhor não pôde, talvez não teve tempo, de me ajudar a desvencilhar, talvez eu deveria ser grato, afinal, aprendi tudo sozinho, me fortaleci, me dediquei, trouxe à tona bons e maus sentimentos, nos meus erros, e nos meus acertos, seja lá como for, mas ainda assim, sinto a sua falta...

Sinto falta de todas as coisas que fizemos, e sinto falta das muitas que nem chegamos a pensar em fazer, mas que sei que o senhor fazia com meus irmãos mais velhos, como andar de bicicleta, ir ao parque, ao zoológico, seria tão bom fazer isso tudo Pai, ao seu lado, com sua mão sempre cuidando de mim, e isso dói, dói tanto, saber que esse é um sabor que eu jamais provarei, talvez, um dia quando eu for Pai, eu consiga ter um pouco, uma mínima parte do que teria sido.

Bom, me desculpe por tomar tanto o seu tempo, não sei se o seu tempo é o mesmo do meu, e me desculpe, por ter procurado o Senhor em tantas pessoas ao longo de minha vida, por não ser paciente, por te buscar tanto em pensamento e em sonhos, mas é que eu precisava sabe? Ao menos de um pouquinho da tua atenção, só pra dizer o que eu talvez nunca tenha dito.

Sua ausência é grande, enorme, mas sei, aliás, sei não, eu sinto, que a cada dia, a cada feito meu, o Senhor está comigo, com sua mão em meus ombros e seus ouvidos atentos e seu olhar terno.

Pai, só queria que soubesse o quanto me orgulho em ser teu filho...HOJE E SEMPRE!!!!!



DO TEU FILHO QUE TE AMA... SEM TEMPO, SEM FRONTEIRAS E INFINITAMENTE


WALL

NAMASTË

9 de set de 2010

Desejos de antes...Para o Depois


Gostaria de dizer que tudo vai ficar bem
que todas as coisas voltariam a ser como antes.


Gostaria de poder dizer que nada vai mudar
e que eu sei exatamente o que fazer.

Gostaria de ter a certeza de todos os caminhos a seguir
de saber exatamente o que vem adiante.

Gostaria de poder olhar o mundo com os mesmos olhos de antes
e acreditar que sou capaz de mudar o mundo.

Mas os dias se vão numa velocidade quase inalcançável,
e tudo aquilo que se sonha pode mudar num piscar de olhos.

Meu único desejo para é para o agora, para aquilo que se sente com o toque,
não aprendi todas as lições, mas aprendi uma, muito valiosa:

NÃO DESPERDIÇE O SEU TEMPO!!

faça aquilo que seu coração manda, SEMPRE.

Busque força desde o primeiro momento do seu dia, para que ele seja satisfatório.

Viva intensamente, como se o amanhã não existisse
procure fazer de cada momento, único, perfeito, e indivisível, porque ele simplesmente não volta.

Escute as canções que te fazem feliz, assista filmes de comédia,
tenha uma alimentação saudável e variada.

Fique mais tempo com sua família, abraçe seus filhos
sinta o abraço de seus Pais.

Se dê ao máximo em seus trabalhos e estudos, viaje sempre que puder.
Leia um bom livro, cuide bem da sua casa.

tenha um tempo de qualidade com seus amigos,

Mas antes de tudo, busque dentro de você...O AMOR!!!

VIVA, viva o quanto puder e quiser, viva o agora

NAMASTË

8 de set de 2010

Voltando...( Atualizações ano 3)

Boa Noite Meus caros amigos de Webesfera.

Fiquei um grande e saudoso periodo longe desse meu cantinho que eu amo demais, mas a correria do dia a dia simplesmente me forçaram a ficar ausente, mas agora, as coisas estão começando a voltar pros eixos e estou feliz por estar aqui de volta.

Em breve, voltarei a compartilhar com vocês, conteúdos interessantes e mais devaneios, que tenho certeza, todos vão gostar!!

No mais, obrigado por não me esquecerem,

E aguardem....

NAMASTË