13 de jan de 2010

Vou levar...


Depois de tanto caminhar, sem rumo
colho as rosas que ficaram pela estrada.
levo em minha bagagem tantas coisas...

Um ontem remido de sonhos, as lágrimas e os sorrisos
sim, vou levar comigo tudo o que restou, os abraços que não dei
cartas que não entreguei, pedidos que não fiz.

o fim de uma longa jornada, anuncia uma nova
meus passos não estão mais cansados e enxergo o horizonte
onde o destino trouxe o resígnio das batalhas vencidas, mas não há derrotados

O que restou foi muito, o que ficou foi pouco
em meu peito, a coragem urge, me impulsiona
sem abismo, sem medo, o caminho iluminado pelo divino

Meu destino é um lugar que ainda não conheço,
mas é onde eu pertenço, vou levar na bagagem minhas histórias
vou levar meus sonhos, minhas memórias,

Levarei as músicas, as brincadeiras
minhas loucuras da adolescência, meus desejos infantis
minhas perguntas sem resposta, minha sabedoria

Mas levarei também, o que me fez crescer,
que me deu forças pra caminhar e olhar o sol
levarei a energia mais forte do Universo...O PODER DO AMOR!!


NAMASTË